fbpx Skip to main content

A MELHOR maneira de fazer um Jardim Vertical!

Faça Você Mesmo seu Jardim Vertical!

Você pode acessar esse e todos os outros projetos do nosso canal aqui ó!

Receba os Projetos Agora!

* Campo Obrigatório

Instruções

Quem é apaixonado por Paisagismo e nunca quis ter um belo jardim vertical pra chamar de seu? Há muito tempo nós tínhamos esse sonho, porem, são inúmeras as alternativas para construir um jardim vertical, entre painéis de feltro, blocos de concreto ou de plástico, e vários outros, após muita pesquisa chegamos a conclusão de qual seria o melhor sistema com melhor custo beneficio para o nosso espaço, e por isso vamos dividir tudinho que aprendemos aqui com vocês!

Lista de Materiais:

– 1 Galão de 3,6L de Tinta Asfáltica

– 4 Barras de 2 metros de caibro 50x50mm bruto

– 12 parafusos 50×1200 com brocas SX tamanho 10

– 2 rolos de 2 metros lineares de Tela Ondulada 50x50mm

– Arame 14

– 3 sacos de terra para plantio de 40kg

– Vasos e Espécies vão variar conforme seu espaço!

Preparo da Superfície

É muito importante preparar bem a superfície que ira receber seu jardim. O Maior problema não é o peso, mas sim toda a umidade que o sistema recebe tanto na irrigação, quanto na transpiração das plantas. É importante que ele esteja nas melhores condições possíveis pois um problema de umidade pode afetar as paredes proximas e até mesmo o sistemas estruturais que mantém a alvenaria!

Com tudo em ordem, partimos para a aplicação da impermeabilização asfáltica. Após diluir a tinta asfáltica, essa deve ser aplicada com pincel e rolo de lã, em pelo menos duas demãos com 24 horas de secagem entre uma e outra. Lembre-se de se proteger bem pois esse produto tem alta toxicidade, assim como proteger as paredes adjacentes com fita crepe!

Instalação da Estrutura

Para a estrutura principal usaremos os Caibros, de maneira que estes devem ser parafusados na parede de maneira vertical com um espaçamento de 30cm das bordas do jardim, e a cada 80cm ao longo do sentido horizontal. Deve ser feitos furos com o diâmetro do parafuso, para que este atravesse a madeira sem muita resistência e se fixe as buchas na parede.

Deve-se impermeabilizar estes com a mesma tinta asfáltica para então instalar a estrutura da tela ondulada com parafusos menores ao longo dos caibros, e aqui para auxiliar na fixação, utilizamos fita metálica perfurada entre os parafusos e a tela para auxiliar na pressão de fixação

Vasos e Irrigação

Como estamos trabalhando com grandes áreas em um jardim vertical, a escolha dos vasos pode afetar muito o orçamento do projeto. Aqui foram necessários 42 vasos, e utilizamos vasos tipo floreira que são mais compridos, pois o importante é que os vasos estejam colados lado a lado, sendo que o único espaçamento deve ser vertical, no caso deixamos 35cm entre as fileiras de vasos.

Devido a grande área, também foi necessário implantar um sistema de irrigação. É importante que ele seja instalado antes de colocadas as plantas, para maior facilidade de manuseio. Aqui foi utilizada uma mangueira convencional com dois furos por vaso. Tenha cuidado, os furos devem ter o tamanho de um prego pequeno, furos muito grandes podem acabar com a pressão d’agua na mangueira, fazendo com que a agua não chegue aos últimos vasos!

Acompanhe esse e mais projetos lá no @drvo.arq

Hora da jardinagem!

O Processo de como nós escolhemos as plantas com ajuda da nossa paisagista foi beeeem melhor descrito lá no nosso vídeo, então é melhor assistir de novo com papel e caneta para tirar todas as suas duvidas! Caso precise de mais ajuda, é só comentar lá no nosso Instagram que tentamos responder todo mundo.
Aqui, nos usamos Lambari Roxo, Aspargo e Barba de Serpente para as partes de Sol, e Samambaias e peperomias para as partes de sombra. Na hora de plantar, é essencial fazer uma camada de argila expandida, protegida por manta, na parte de baixo do vaso, para garantir o escoamento da agua. Após isso, uma camada superficial de substrato, posicionam-se as mudas espalhando levemente as raízes, e completa-se o vaso com substrato até 2cm do topo, apertando para que o substrato entre em contato com as raízes!

Leave a Reply